Cartonagem abre a agenda anual de cursos do São José Liberto

 
A programação de 2014 de cursos e oficinas do Espaço São José Liberto foi aberta nesta terça-feira, 28, com o “Curso de Cartonagem”, que segue até o dia 31 de janeiro, sob a responsabilidade da artesã Jeane Moraes, no auditório do local. Esse é o segundo módulo do curso, que começou em dezembro de 2013 e teve como foco a criação de agendas artesanais, a partir da técnica da cartonagem, que possibilita a criação de uma infinidade de objetos decorativos e utilitários, tendo como base o papel cartão.
 

Dona de casa Maria José Rodrigues 
durante o Curso de Cartonagem. 
Foto: Igama/Divulgação

Com o domínio técnico, podem ser confeccionados porta-retratos, suportes para panela, agendas, bolsas, cadernos, molduras para espelho e peças em papel Paraná. Segundo Jeane Moraes, as peças criadas durante as aulas pelos participantes poderão ser comercializadas. “Aqui damos a oportunidade de todos ousarem e conhecerem mais sobre as técnicas da cartonagem. Cada um produz suas próprias peças, que podem levar para casa, além de levar também conhecimento e a oportunidade de ter uma renda extra com a venda dos produtos”. 
 
Para Maria José Rodrigues participar do curso está sendo motivador. “Estou amando a oportunidade de aprender a cartonagem. A partir de agora vou ver materiais simples, como pedaços de cartolina, de outra forma. Isso motiva a gente a querer transformar peças velhas em novas. Quero me dedicar a criar produtos também para vender e ter uma renda”. 
 
Para Severa Romana, o curso serve como estímulo à produção de novas peças e aperfeiçoamento de técnicas. “Já tenho experiência em cartonagem, mas o curso está esclarecendo várias dúvidas. Estou aprendendo novas técnicas e aperfeiçoando as já conhecidas. Cada peça sai de um jeito diferente. Adoro presentear com peças originais e únicas e a cartonagem faz a gente ver as coisas de outro jeito: tudo é reaproveitável”, comenta. 
 
Capacitação - As ações de capacitação técnica realizadas pelo Programa Polo Joalheiro do Pará, mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), visam à melhoria da qualidade dos seus produtos e a inclusão de novos profissionais no Programa. 
 
Artesã Jeane Moraes ministra o Curso de Cartonagem. 
Foto: Igama/Divulgação
Os cursos contam com a participação de profissionais experientes. E 2013 foram realizados nove workshops de geração de produtos e 11 palestras sobre temas transversais aos setores produtivos atendidods pelo Programa, dentre eles história da joalheria; a identidade da joia contemporânea e o mercado, técnicas de joalheria; tendências e movimentos na relação moda e da arte. 
 
A iniciativa conta com o apoio de várias parceiros, como a Seicom, o Instituto Brasileiro de Metais Preciosos (IBGM) e o Sebrae, bem como com instituições superiores de ensino, como a Uepa, a Unama, o Iesam e a Faculdade Estácio do Pará/FAP.

Os cursos visam incluir novos estudantes e profissionais da área no Programa Polo Joalheiro do Pará, assim como possibilitar a melhoria da produção, a atualização técnica do setor joalheiro e de moda, e a ampliação das vendas. Os workshops de geração de produtos geram como resultado o aprimoramento do projeto de concepção de joias e acessórios de moda, destacando o design como fator que agrega valor ao produto, tornando-o mais competitivo.
 
As ações são organizadas com o intuito de oferecer maior profundidade técnica e acessabilidade ao público que pode participar do programa. São atendidos empreendedores criativos dos setores de joias, acessórios de moda e produtores de artesanato e manualidades, bem como novos empreendedores destes setores criativos. 
 
Já estão abertas as inscrições para o “Curso de Criação de Adornos com Matérias-Primas Regionais”, que ofertará 20 vagas e começará a partir da próxima terça-feira (4), seguindo até o dia sete de fevereiro, das 14h às 18h, no auditório do Espaço São José Liberto. Quem ministrará o curso será a designer e artesã Lídia Mara Abrahim, que integra o Programa Polo Joalheiro do Pará. 
 
Para 2014 está prevista, ainda, a realização de cursos de joalheria básica, incrustação paraense (esmaltação a frio), trançado em palha da costa, além de workshops de geração de produtos, ciclo de palestras e oficinas de criação.
 
Para mais informações sobre a programação de cursos do Espaço São José Liberto, ligar para 3344-3518, de 9h às 13h.
 
Ascom/Igama


PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.