Programa televisivo destaca trabalho do São José Liberto

Clique aqui para conferir mais fotos dos bastidores do programa.

"Etc & Tal”, programa do SBT Pará (Canal 5) apresentado pela jornalista Úrsula Vidal, mostrará no próximo sábado (28), matéria especial sobre o Espaço São José Liberto e seus programas de incentivo aos setores criativos de produção de joias, moda, artesanato e design, além de ações de turismo e cultura. Serão apresentadas entrevistas realizadas no espaço com artesãos e profissionais que fazem parte da cadeia produtiva da joalheria, destacando a ourivesaria, lapidação e design. O programa mostrará as etapas do processo de produção de joias artesanais, que dão vida às coleções comercializadas no Espaço São José Liberto.

Um dos destaques da matéria é o mestre artesão Darlindo José de Oliveira Pinto, do Grupo de Mestres Artesãos de Modelagem em Balata, do município de Monte Alegre (oeste do Pará) e presidente da Federação das Associações Cooperativas de Artesãos (Facapa) e do Grupo de Trabalho Colegiado Artesanato do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC). 

Úrsula Vidal entrevista a designer Bárbara Müller

O artesanato de balata é feito de uma goma elástica semelhante ao látex da seringueira permitindo a produção de objetos similares aos de borracha. As inspirações para as miniaturas criadas pelos artesãos de Monte Alegre vêm da fauna e flora da Amazônia, costumes indígenas e marajoaras, bem como de lendas e mitos amazônicos. Foi com o artesanato de balata “Búfalo Montado” que Mestre Darlindo recebeu em 2012 o certificado da 3ª edição do “Reconhecimento de Excelência da Unesco para os produtos artesanais do Mercosul+”. O Grupo de Monte Alegre, também formado por Oscarino Braga, Paulo Baía, Antonio Braga, Carlos Baía e Luiz Carlos, está vinculado ao Espaço São José Liberto, onde os mestres balateiros comercializam suas peças na Casa do Artesão.

JOIAS COM IDENTIDADE CULTURAL AMAZÔNICA - Outro ponto alto do programa será a joalheria artesanal desenvolvida por meio do Programa Polo Joalheiro do Pará, ambientado no Espaço São José Liberto. As designers de joias Bárbara Müller e Selma Montenegro puderam mostrar seus trabalhos e coleções de joias, lembrando de momentos marcantes das suas trajetórias, como a participação de Bárbara Müller no “Preview Design de Joias e Bijuterias 2014”, caderno de tendências  lançado, no início do mês de dezembro, em Belém.

Elas falaram sobre o processo criativo das joias e como a cultura da Amazônia influencia na criação de peças com temáticas regionais e design, originalmente, brasileiro. Selma Montenegro foi uma das mais de 1.300 designers de todo o Brasil na décima edição do concurso AuDITIONS Brasil, que realizou a mostra itinerante, pela primeira vez, na capital paraense, em outubro passado. O maior concurso de joias em ouro do mundo é promovido em vários países pela mineradora AngloGold Ashanti.

A lapidária e microempresária Leila Salame, que também integra o Programa Polo Joalheiro e é uma das profissionais mais requisitadas entre os produtores locais, também falou sobre o seu trabalho para a jornalista Úrsula Vidal. A lapidária é proprietária da loja “Gemas do Mundo” e seu trabalho de lapidação diferenciada com grafismos marajoaras, lhe rendeu lugar no Manual de Lapidação Diferenciada de Gemas do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM).

Em destaque, o ourives Ramirez Garcia

A apresentadora também entrevistou o ourives e lapidário Ramirez Garcia Gomes, proprietário da “Rhama”, escola de ourivesaria em joalheria básica e avançada que funciona no Espaço São José Liberto e oferece cursos diversos na área em que Ramirez tem mais de 25 anos de experiência, sendo um dos pioneiros do programa. 

CRESCIMENTO - O Espaço São José Liberto tornou-se um centro de agregação e de identidade do Programa Polo Joalheiro do Pará, a partir de ações de capacitação, gestão e fomento; promoção e comercialização de produtos culturais gerados por empreendimentos criativos; e promoção e manutenção do espaço cultural, comercial e turístico, registrando índices crescentes de vendas, segundo Rosa Helena Neves, diretora executiva do espaço e do programa, mantidos pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).

A diretora destacou a promoção do desenvolvimento de ações de apoio ao setor de gemas, joias e artesanato, com ênfase ao ciclo de criação, produção e comercialização, que incorpora a criatividade e a cultura amazônica como elementos estratégicos de desenvolvimento econômico. 

Durante a entrevista, Rosa Neves frisou também a importância do apoio do governo do Estado para a manutenção do Programa Polo Joalheiro e do Espaço São José Liberto, lembrando do potencial criativo dos talentos artísticos e empreendedores existentes no Pará.  Ao detalhar os resultados quantitativos, a diretora informou, ainda, que o Polo Joalheiro encerra o ano de 2013 com 43 designers, 48 unidades produtivas de gemas e joias, 36 pequenas e micro empresas de joias formais, 32 microempresários de manualidades e 754 artesãos atendidos pelo programa., registrando, até o dia 24 de dezembro, na loja incubadora de joias (Una) e na Casa do Artesão, o volume de vendas de R$ 1.684.784,15 milhão.   

Úrsula Vidal entrevista a diretora Rosa Neves

O programa “Etc & Tal” conta com a experiência da jornalista Úrsula Vidal e é considerado um dos melhores programas de variedades do Pará. Vai ao ar todos os sábados, às 12:45h, pelo SBT Pará.

Fotos: Igama/Divulgação

Ascom/Igama



PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.