Espaço São José Liberto recebe visita da Miss Pará Intercontinental

Veja mais fotos da visita em nosso álbum

A miss Emanuelle Costa visitou o Jardim, da Liberdade e outros espaços do Polo Joalheiro. 
Foto: Ascom Igama

Colar "Vitória Régia". 
Foto: Ascom Igama 

A vencedora do concurso Miss Pará Intercontinental 2015, a universitária  Emanuelle Costa, de Ponta de Pedras, visitou nesta quinta-feira (27) o Espaço São José Liberto – Polo Joalheiro do Pará. O concurso reúne mais de 100 países e preza pela beleza das candidatas e pela responsabilidade social. A segunda edição do certame ocorreu na última sexta-feira (21), no Hotel Gold mar, em Belém.

O concurso é promovido e coordenado, na capital paraense, pelo promoter Ernesto Dias, que comemora o sucesso e o crescimento do evento, promovido junto com à Organização Romulo Maiorana (ORM) e uma série de parceiros. “A edição deste ano foi muito boa; ano passado, tivemos 18 candidatas e, neste ano, 26”, comenta.

Gestora de Marketing e designer de Joias do Programa Polo Joalheiro do Pará, Paloma Vale colaborou com a coordenação do concurso e trabalhou como professora de passarela, postura e andamento. Um dos prêmios da vencedora foi uma joia exclusiva criada pela designer, confeccionada em prata com quartzo rosa e chifre de búfalo, a partir da forma da Vitória-Régia, vegetação típica da Amazônia.

A joia foi produzida e patrocinada pela Rahma Gemas e Joias, micro empresa do Polo Joalheiro, de propriedade do mestre ourives Ramirez Garcia Gomes. A ourivesaria da peça tem a assinatura dos seguintes ourives: Loamy Souza, Thiaraju Gomes e Elize Lima. “Esse é o segundo projeto de joias que eu crio para esse tipo de concurso, o primeiro foi o Miss das Mangueiras, no qual eu também firmei parceria com a Rahma, onde fiz curso de ourivesaria quando entrei no programa do polo”, explica a designer.

                    Ourives Elize Lima, Thiaraju Gomes e Leomy Souza.
                                               Foto: Ascom Igama 

A joia foi recebida pela modelo Emanuelle Costa, 22 anos, estudante de medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA), que já está em fase de preparação para disputar, no fim de 2015, em São Paulo, o Miss Intercontinental Brasil 2016. “Já trabalho com desfiles de moda e este foi o primeiro concurso de beleza que participo. Fiquei muito feliz com o título. Também achei a joia linda pelo regionalismo que carrega, por ter sido inspirada na Vitória Régia e por ser uma peça exclusiva desenhada para uma miss com toda essa delicadeza e beleza”, disse a vencedora.

A segunda e a terceira colocadas no concurso foram, respectivamente, Maria Rita Kapazi Júlia Magalhães. As 26 candidatas ao título também estiveram no espaço, antes do concurso. Na oportunidade, elas visitaram a Capela São José, o Museu de Gemas do Pará, o Jardim da Liberdade, a Cela Cinzeiro (memorial), a Casa do Artesão, o Coliseu das Artes e a Rahma Escola de Ourivesaria integraram o roteiro da visitação das misses. A visita foi monitorada por técnicos do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), que gerencia o Espaço São José Liberto, mantido pelo Governo do Estado.

Emanuelle terá todas as despesas pagas para disputar o Miss Intercontinental Brasil 2016. Ela também ganhou uma passagem aérea para passar o carnaval do ano que vem no Rio de Janeiro, além de roupas e outros prêmios ofertados pelos patrocinadores.

Leia na Agência Pará de Notícias

Ascom Igama

 



PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.