Espaço Moda expõe acessórios com temática do Círio no São José Liberto

"Espaço Moda ESJL" na Casa do Artesão.
Foto: Carlos Sodré/Agência Pará
Já está aberto ao público o “Espaço Moda ESJL”, que reúne o trabalho de designers, criadores, microempresas e demais empreendedores integrantes do Grupo de Moda do Polo Joalheiro e do Arranjo Produtivo Local (APL) de Moda e Design do Pará. Produtos inspirados no Círio de Nazaré foram criados para o lançamento do espaço, vitrine para a produção paraense de acessórios e adornos, que se destacam pela criatividade no design e utilização de matéria prima diversificada, de origem vegetal, sustentável e industrial.
 
Instalado na Casa do Artesão, o “Espaço Moda ESJL” comercializa bolsas, carteiras, chaveiros, braceletes, maxicolares, anéis, pingentes, brincos e outras peças, confeccionadas em algodão cru, madeira (imbuia e pupunheira), ouriço da castanha do Pará, couro, paneiro, fibras de arumã e buriti, aço inox, ferro, fitas de promesseiros do Círio, resina, acrílico, tecido e lentes de óculos reaproveitadas, entre outros materiais.
 
A produção dos acessórios de moda e adornos resulta da junção de técnicas artesanais com a criação de peças variadas, com design inovador, marcado tanto pela originalidade quanto pela valorização de um modo de fazer autoral e artístico na composição dos acessórios, que seguem tendências atuais de mercado.
Bolsas e acessórios em exposição no Espaço Moda.
Foto: Carlos Sodré/Agência Pará
Essa criatividade pode ser conferida, por exemplo, nos maxicolares “Rede de Plácido” e “Pescando Fé”, trabalho artesanal em prata e redes de pesca preta e branca, criação da designer Lídia Abrahim, com produção da empresa Yemara e ourivesaria de Lídia e Edinaldo Pereira. Com identidade cultural e design contemporâneo, os acessórios fazem referência a uma das atividades mais características da região, a pesca, e à crença dos paraenses.
 
A cultura indígena é destacada na bolsa em estilo mochila “Xingu”, criação e produção do designer Erivaldo Júnior, que utilizou couro natural e tecido de algodão com grafismos originais da etnia Assurini, do sudeste do Pará.
 
Com tema similar, o colar e brinco “Indígena Chique”, criação e produção de Bell Roque, resulta da composição harmônica de vários materiais: cascalho e gema mineral olho de tigre, semente de jarina e madeira da pupunheira. Mistura que também pode ser vista no colar “Geometria”, criação do designer Ivam Silva, com ourivesaria de Arte Joias da Amazônia, confeccionado em fibras de buriti e madeira imbuia, e acabamento em prata. 
 
Entre as técnicas utilizadas na confecção das peças estão, ainda, banhos de prata e ouro, incrustação paraense, ferragens cromadas, esferas pirografadas, couro de peixe tingido, plotagem e trançado em fibras.
 
A ambientação do “Espaço Moda ESJL” foi feita pela designer Bárbara Müller, e tem como elemento central caroços de açaí tingidos. Desde o primeiro dia de funcionamento, o local agrada clientes e visitantes.
Colares criados pelos designers do Programa Polo Joalheiro.
Foto: Carlos Sodré/Agência Pará
Participam do espaço os seguintes empreendedores, empresas, designers, produtores, ourives e artesãos: Rosa Castro, Ivete Negrão, Celeste Heitmann, Lídia Abrahim, Brenda Lopes, Camilla Amarall, Joseli Limão, Marcilene Rodrigues, Bárbara Müller, Laise Lobato, Kelly Badarane, Luciane Cavalcante, Waldirene Ferreira, Brenda Melo, Bell Roque, Ivam Silva, Erivaldo Júnior, Rayan Andersen, Marcelo Rodrigues, Fábio Luan, Reinaldo de Souza, Edinaldo Pereira, Kdesign Acessórios, Yemara, Bazzola, Danatureza, Sila Brasila, Arte Joias da Amazônia, Joiartmiro, JS Joias e Luti Bolsas. 
 
O “Espaço Moda ESJL” é uma iniciativa do Programa Polo Joalheiro do Pará, resultado de parceria entre a Secretaria Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), OS que gerencia o Espaço São José Liberto.
 
Serviço: O “Espaço Moda ESJL” está situado na Casa do Artesão, no Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará (Praça Amazonas, s/n, bairro Jurunas), e pode ser visitado no horário de funcionamento do local, que no mês de outubro, excepcionalmente, é de segunda a sábado, das 09 às 19 h, e aos domingos e feriados, das 10 às 18 h. Entrada franca.
 
 
Ascom/Igama


PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.