Celeste Heitmann comemora 30 anos de carreira

Confira fotos dos trabalhos da designer Celeste Heitmann

Portuguesa de nascimento, a designer e artista plástica Maria Celeste Godinho Heitmann tem quase três décadas de uma trajetória vitoriosa. Em 1963 ela chegou ao Brasil com a família, onde se estabeleceu. Hoje, costuma repetir que é “portuguesa de alma paraense”. Apaixonada pelo Pará, a temática regional tem marcado suas criações. Entretanto, o leque de inspiração vai desde a memória afetiva dos azulejos portugueses até a magia identificada no cenário mítico e natural da Amazônia, passando por questões voltadas ao meio ambiente.


A designer costuma utilizar materiais alternativos em algumas peças, como o filtro de café, que já se transformou em colares e bolsas. Artesanais, as peças exclusivas ganham requinte de obras de arte quando Celeste Heitmann também lança mão da pintura. Antes presente apenas nas telas, a arte da pintura também é feita em tecidos, porcelana, vidro e madeira.  


“Sempre gostei de manualidades, fui semi-interna em Lisboa, onde já fazia roupas de criança em tricô, para serem doadas a crianças carentes. Sou autodidata e, na adolescência, criava acessórios para uma loja importante no Bairro de Santa Luzia. Sempre gostei de criar e pintar minhas próprias roupas”, recorda.


Referência como artista plástica e designer, Celeste formou-se em Moda e Design pela Estácio/FAP, em 2011. Há seis anos, faz parte do Programa Polo Joalheiro do Pará, criado em 1998 e mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).


Em 2006, convidada pelo estilista mineiro Victor Dzenk, ela criou estampas e joias exclusivas para o desfile do Fashion Rio, em homenagem ao Pará e destaque em publicações nacionais e internacionais. Foi no mesmo ano que a designer começou a fazer parte do grupo Moda Pará, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA) onde ainda participa das edições do considerado segundo maior evento do calendário de moda do país.


Já por meio do Programa Polo Joalheiro, conta que participa “de workshops (de Geração de Produtos), exposições e eventos dentro e fora do estado, e também no exterior”. A agenda cheia encontra tempo, ainda, para o trabalho voluntário e para repassar seus conhecimentos, como nos dois cursos de capacitação para setores criativos com temática natalina que ministrou, em dezembro de 2013, no Espaço São José Liberto: Pintura Artesanal em MDF e em Seda (técnica Tie Dye).


Celeste Heitmann é um pessoa preocupada com a comunidade e com questões sociais, desenvolvendo e apoiando projetos públicos e privados, iniciativas que já resultaram, por meio de parcerias, na construção de uma creche com estrutura para abrigar 120 crianças, no Pará, obra que levou a designer a receber o troféu “Rosa de Prata”, em Foz do Iguaçu (PR).


Mas o talento de Celeste Heitmann é abrangente e chega à Culinária, outra paixão de sua vida, com cinco livros na área, todos com renda total revertida para obras assistenciais. Por seus trabalhos voluntários, já recebeu homenagens das entidades governamentais e particulares, do Brasil e de outros países.


Atualmente, além da microempresa homônima que possui, ela também cria, com exclusividade, bolsas e joias para uma loja de Ipanema (RJ). Desde 2003, quando começou a se voltar mais para o ramo da Moda, criou blusas inspiradas no Círio de Nazaré, sucesso de venda até hoje.


Foi o desejo de adquirir mais conhecimento teórico que inquietou a disciplinada artista plástica, empresária, dona de casa, esposa, mãe e avó, como se autointitula. Celeste lembra que decidiu ingressar, aos 60 anos, na faculdade, depois de 35 anos afastada da academia.


“Tinha uma grande vontade de aprender mais, de estar no meio de gente jovem que trouxesse uma nova linguagem”, explica, acrescentando que conseguiu  conciliar o trabalho com as aulas, aproveitando ao máximo o conhecimento repassado pelos professores do Curso de Moda e Design da faculdade Estácio/FAP.


Homenagem - Celeste Heitmann foi contemplada com uma homenagem de peso, conferida, em agosto de 2013, pela Faculdade Estácio do Pará/FAP, uma das maiores redes privadas de ensino superior do Brasil. Durante a cerimônia de formatura das turmas do Curso de Design de Moda, ela recebeu medalha e diploma Alumni Diamante Estácio, concedidos aos egressos da instituição, que se destacam por suas atuações pessoais ou profissionais. Uma justa homenagem para sucesso dessa portuguesa que um dia se apaixonou pelo Pará, de onde tem conquistado o mundo com seu talento.


Esse foi mais um reconhecimento por sua consistente produção criativa nas áreas das artes plásticas, moda e design. Seus quadros marcaram o início de sua trajetória artística e, hoje, são obras que podem ser encontradas em acervos de museus de colecionadores particulares, no Brasil e no exterior.


Já suas criações como design de joia e de moda totalizam 55 exposições individuais e coletivas de caráter local, nacional e internacional. Das 17 individuais, constam “Raízes Lusitanas, Coração Paraense”, em Belém (2001); “Amazônia”, em Lisboa (2002); “Celeste Heitmann: Arte e Design”; em Belém (2009) - exposição de bolsas realizada no Espaço São José Liberto, que marcou 25 anos de suas criações - e exposição de joias na França (2010).


Entre as exposições coletivas, estão a “Voz D’Arte”, em Lisboa (1999); Casa Cor Pará/Rio e exposição de bolsas e joias no Copacabana Palace/Rio+20 (2012); além  de  diversas edições da Pará Expojoia, Dia dos Namorados, Joias de Nazaré e outras exposições promovidas pelo Espaço São José Liberto, dentre outras.


Celeste tem trabalhos nos Estados Unidos, Japão, França, Suíça, Áustria, Portugal e vários estados do Brasil. A televisão também têm sido vitrine para suas criações, mostrando, constantemente, colares, bolsas e outras peças em personagens de programas como, por exemplo, Caminhos do Coração (Rede Record) e Malhação, América, Páginas da Vida, Sete Pecados e Guerra dos Sexos (Rede Globo).


Foi por esse caminho de sucesso trilhado por Celeste Heitmann que ela foi escolhida para receber a homenagem da instituição superior de ensino, que valoriza história de vida pessoal e profissional, iniciativas sociais, educacionais, culturais, empreendedoras, bem como atos de bravura em benefício da sociedade.


Para a designer, além de todo o aprendizado técnico, o intercâmbio com diferentes gerações durante as aulas foi enriquecedor.  “Eles (os alunos) se orgulham de fazer parte de minha vida. Foi um momento especial, com muitas emoções e lágrimas. Escutar um pouco de minha trajetória de trabalho, onde acontecia uma festa especial para todos os formandos e eu sendo destaque profissional de exemplo para eles, me deixou sem palavras para definir tanta felicidade”, revela Celeste Heitmann.
 

Contatos da designer Celeste Heitmann:

facebook.com/celesteheitmann
instagram.com/celesteheitmann
mcheitmann@yahoo.com.br
55-9188750487

Ascom/Igama


PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.