Cuia

 

 

 



 

 

 

A cuia é fruto da cuieira (crescentina cujete) ou árvore da cuia. O fruto não é comestível e pode ser encontrado em terrenos de várzea da Amazônia. As cuias são colhidas, uma a uma, com as mãos, sendo partidas ao meio com o facão para a retirada do miolo e raspagem da parte interna. Depois são lixadas com escamas de pirarucu, interna e externamente. Na parte externa são alisadas com folha de imbaúba. Em seguida, é feita a secagem no sol. Posteriormente, as cuias são tingidas com o cumatê e colocadas em repouso, sob ação da amônia. Já enegrecidas, são lavadas e, depois de secas, decoradas com desenhos, riscados ou pinturas. As cuias são peças utilitárias da cultura paraense. O açaí e o tacacá, pratos típicos da culinária local, são servidos, tradicionamente, em cuia. O artesanato pode ser utilizado também como peça decorativa. 
 

O desenho marajoara se destaca na peça criada
pelo artesão Izaias Lopes
 "Guaraná", artesanato em cuia; criação de
 Izaias Lopes


Texto: Polyane Amaral
Foto: João Ramid/AIB




PESQUISAR

Exposição

NEWSLETTER

Parceiros

Espaço São José Liberto - Praça Amazonas, s/n, Jurunas, Belém-Pará-Brasil. Fone: (91) 3344-3500 e (91) 3344-3514.
Horário de visitação: terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.